3 de fevereiro de 2021 Miguel Silva

REDUÇÃO DE CARBONO E ENERGIA LIMPA COM UMA ECONOMIA REAL DE 25%

Na Live desta semana o CEO da Vulcabras Pedro Bartelle comunicou aos seus acionistas, e ao mercado em geral, sobre a AQUISIÇÃO DA OPERAÇÃO MIZUNO NO BRASIL E O FUTURO DA VULCABRAS, onde foram abordados os temas: aquisição Mizuno; foco no mercado esportivo; e diferenciais Vulcabras.

Um assunto fantástico que ficou “escondidinho” em meio a tantos outros destaques foi o fato de que, recentemente, a empresa assinou um contrato de compra de energia com a Casa do Ventos, uma das principais companhias de energia eólica do país. Com contrato de R$ 150 milhões por um prazo de até 13 anos, a empresa fornecerá a totalidade do consumo da Vulcabras, que é de 7 megawatts (mW), evitando o lançamento de 27 mil toneladas de CO2 anualmente na atmosfera, o equivalente ao plantio de 165 mil árvores.

O negócio, que terá início em 2022, envolve o parque Ventos de São Mizael, que faz parte do complexo Rio dos Ventos, no Rio Grande do Norte. Rio dos Ventos é um dos maiores do mundo e custou R$ 2,4 bilhões à Casa dos Ventos. Além da redução drástica no impacto ambiental, ao todo, a empresa ainda terá uma economia de 25% em comparação ao gasto de 2019 com energia.

Esta é uma demonstração clara do comprometimento das empresas com os três grandes pilares da Sustentabilidade – Social, Econômico e Ambiental. Ser sustentável é bom para as Pessoas, para a Economia e para os Negócios.

REUSO E ECONOMIA DE ÁGUA

Outro grande projeto da companhia é a conclusão do Sistema de Tratamento e Reuso de Efluentes na planta fabril de Horizonte (Ceará), maior iniciativa de 2019 da área, com investimento de R$ 2 milhões. Essa etapa constitui uma estação de tratamento focada em reutilização de 100% do esgoto gerado pela empresa em Horizonte (fábrica e escritório), o que proporciona para a Vulcabras Azaleia uma economia de 50 milhões de litros de água por ano. O esgoto tratado é reaproveitado na própria unidade produtiva em sanitários, irrigação e serviços de limpeza em geral.

Com o sistema, a Vulcabras atingiu a redução da compra de água tratada em 95% que, somada à implementação de medidas educativas, resultaram na queda da geração de efluentes em 25%.  Com a ação, a empresa prevê um retorno de R$ 1,2 milhão ao ano. A meta é que, já em 2021, 100% dos efluentes gerados na matriz produtiva sejam reaproveitados.

ECONOMIA CIRCULAR

Em meados de 2016, a empresa iniciou um movimento com o intuito de fomentar a economia circular e a política dos 3 Rs (Reduzir, Reutilizar e Reciclar), com o objetivo de alinhar os conceitos da melhoria dos aspectos de sustentabilidade.

Hoje a empresa possui mais de 20 parceiros estratégicos que utilizam cerca de 70% de resíduos de sua produção como matéria prima como os EVAs que não são reincorporados e passam a se tornar matéria prima para a produção de outros produtos como tapetes e tatames. Outros 10% são absorvidos pela própria companhia, como os termoplásticos e EVAs. Além destes, óculos de funcionários passam a ser reutilizados e os uniformes também, que são transformados em panos para limpeza em geral. Os produtos químicos que a empresa utiliza, passam por processos de reciclagem e os materiais contaminados são direcionados e viram combustível para empresas de fabricação de cimento.

A reciclagem é feita com materiais constantes nos produtos até embalagens plásticas utilizadas em processos indiretos e uniformes, fazendo com que tudo o que passa pelo processo da empresa (independentemente se for da área produtiva ou administrativa) tenha uma tratativa ideal antes da decisão de realizar a sua correta disposição final.

RESPONSABILIDADE SOCIAL E IMPACTO NAS COMUNIDADES

A Vulcabras Azaleia, em todos os seus anos de história, construiu particular relevância nas regiões em que possui unidades fabris. O impacto econômico e social nas comunidades do entorno das fábricas é muito positivo e significativo: o IDH dessas regiões chega a ser até quatro vezes superior à média nacional. Diante disso, nesses tempos desafiadores, a companhia direcionou seus esforços para essas localidades e destinou, inicialmente, mais de 400 mil máscaras de proteção (de TNT e acrílicas) e 3 mil pares de calçados para profissionais de saúde de 13 cidades, onde suas fábricas estão instaladas.

A Vulcabras Azaleia esteve e segue comprometida em calçar e equipar técnica e adequadamente os profissionais da saúde (enfermeiros, auxiliares, agentes de limpeza e médicos) das comunidades do entorno de suas fábricas no Nordeste e no Sul do país, porque acredita que, se todos fizerem sua parte no que está ao seu alcance, próximo ao seu grupo e à sua comunidade, sairemos mais rápido desta situação emergencial e mais fortalecidos.

Fonte: Site Vulcabras RI.

Miguel Silva

Consultor Empresarial Especializado no Setor Calçadista

Business Consultant Focused on the Footwear Sector & Market

Footwear Market at Meso Consulting

E-mail: miguelsilva@mesoconsultoria.com.br

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/migueldameso/

Website/Blog: http://www.mesoconsultoria.com.br/blog/

, , , , , , , ,