4 de maio de 2021 Miguel Silva

Empresa também produz componentes para outras calçadistas e está modernizando a indústria do Vale do Sinos

Empresa gaúcha com 29 anos de atuação no ramo de componentes para calçados, a Rubberloss está modernizado a fábrica de Novo Hamburgo.

Aliás, é onde são fabricadas também as babuches da famosa marca Crocs, entregues prontas para distribuição ao varejo brasileiro e para exportação.

Pois a indústria do Vale do Sinos comprou, por R$ 6 milhões, máquinas para produção de solados injetados, principal produto do grupo.

Os equipamentos vieram de Taiwan carregados em cinco contêineres. Eles chegaram ontem na fábrica e levarão 20 dias para serem montados.

“Não temos esse equipamento no Brasil, e já comprei similares de outros países, mas a qualidade de Taiwan é melhor” – conta o presidente da Rubberloss, Epifânio Loss.

Ele se mostra confiante na recuperação da economia para fazer o investimento neste momento em que o setor calçadista ainda não engatou uma retomada.

“Mesmo com a crise, acredito no país, no povo, no Brasil. Não podemos nos entregar. Por isso, fizemos o investimento” — diz Loss.

A modernização da fábrica está abrindo 80 novos empregos. Interessados podem deixar o currículo no setor de RH, que fica na Rua Minas Gerais, 240, no bairro Rondônia, em Novo Hamburgo.

Atualmente, a Rubberloss tem fábricas em Novo Hamburgo e em Canindé, no Ceará. Ao todo, são 1,5 funcionários e a capacidade de produção é de 250 mil calçados por dia. A empresa produz solados para diversas marcas de calçados do Brasil e também é a fabricante da Crocs no Brasil.

Fonte: site GZH.

, , , ,